Reclama PB

FPF planeja jogos no Canindé e Rua Javari para acomodar tabela do Paulistão

Por Redação em 08/07/2020 às 17:08:41

O presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Reinaldo Carneiro Bastos, afirmou nesta quarta-feira, 08, que, para acomodar a tabela restante do Campeonato Estadual, é possível que alguns jogos sejam marcados em estádios e cidades bem diferentes do previsto. Por isso, as tradicionais casas da Portuguesa, o Canindé, e do Juventus, a Rua Javari, podem ser acionados para recepcionar equipes do interior. O governador de São Paulo, João Doria, liberou o retorno do Paulistão para o dia 22 de julho, e uma das condições é de que as partidas sejam disputadas em cidades localizadas na faixa amarela do plano de retomada das atividades estabelecido pelo Estado. Por isso, é possível que equipes sediadas em municípios bastante afetados pela pandemia no momento, como o Botafogo, de Ribeirão Preto, tenham de buscar um outro estádio.

Em entrevista coletiva, o presidente da FPF afirmou que essa possibilidade de transferência de cidade já é alvo de análise. "Mais próximo da data do jogo nós vamos mapear os locais possíveis de se fazer as partidas e vamos organizar. Temos o Canindé, que foi amplamente reformado, modernizado e pintado, temos a Rua Javari e na Grande São Paulo temos outros locais também", afirmou. Bastos contou que, dias atrás, o vice-presidente da FPF, Mauro Silva, chegou a pedir uma vistoria na Rua Javari, na Mooca, para avaliar as instalações do estádio. Uma das equipes que deve recorrer à capital é o Santo André. O estádio do time, o Bruno José Daniel, abriga um hospital de campanha para atender pacientes. O elenco está concentrado na cidade de Vargem por não poder utilizar as instalações para treinar.

"A situação de cada cidade e região é mutante. Nós vamos ter de analisar tudo, mas no momento certo", comentou o presidente da FPF. Uma outra preocupação dele será com os finalistas do Estadual. A decisão do Paulista está prevista para 8 de agosto, véspera do início do Campeonato Brasileiro. Por isso, será necessário remanejar datas na competição nacional, com o adiamento dos jogos dos times paulistas classificados para a final. "Nós temos um diálogo constante com o Rogério Caboclo (presidente da CBF) e nós vamos achar o melhor caminho, a melhor forma. Isso será cuidado quando forem definidos os dois finalistas. Esse assunto será resolvido em comum acordo com a CBF", disse Bastos.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Fonte: Jovem Pan

Botecos 83

Comentários

JA 729