Reclama PB

Manifestantes se reúnem em ato em defesa do Pantanal de MT

Por Redação em 20/09/2020 às 12:18:05

O evento conta com a arrecadação de alimentos para os animais e de materiais para o combate ao fogo. Manifestantes pedem ajuda em defesa do Pantanal

Ramon Hernandes/TV Centro América

Cerca de 200 pessoas, segundo os organizadores, participam de um ato em defesa do Pantanal neste domingo (20), na Arena pantanal, em Cuiabá.

O evento conta com a arrecadação de alimentos para os animais e de materiais para o combate ao fogo.

Participantes do ato empunham faixas e cartazes pedindo ajuda para combater o incêndio de grandes proporções que atinge o Pantanal mato-grossense.

As queimadas que já destroem o Pantanal mato-grossense - considerada a maior planície inundável do mundo - há quase dois meses causaram os maiores danos da história. Esse é o maior incêndio registrado na região pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) desde que o monitoramento começou a ser feito, em 1998.

Manifestantes com cartazes

Ramon Hernandes/TV Centro América

Segundo o Inpe, neste ano, foram identificados 15.756 focos de calor no Pantanal. Antes disso, o maior número tinha sido registrado em 2005, 12.536 focos.

O incêndio começou no dia 21 de julho e já são quase dois meses em chamas.

O fogo teve início na região de Poconé e já são mais de 1.740.000 hectares queimados em Mato Grosso até o dia 13 de setembro. O Pantanal já registrou o maior número de focos de incêndio, desde então. Foram 5.603 focos até o dia 16 de setembro.

Pessoas se reúnem na Arena Pantanal, em Cuiabá

Ramon Hernandes/TV Centro América

Brigadistas, bombeiros e oficiais da Marinha ajudam no combate ao incêndio.

Apenas nos primeiros 16 dias deste mês, foram detectados 5.603 focos de calor contra 5.498 registrados no mês inteiro de setembro em 2007 – o recorde para o mês até este ano.

Somando agosto e setembro, o Pantanal teve mais de 11.500 focos, é um patamar muito maior do que os últimos anos inteiros. Agosto e setembro costumam ser os de maiores números de queimadas no bioma, mas nunca foram registrados tantos focos em apenas dois meses seguidos 36 mil focos.

Fonte: G1

Botecos 83

Comentários

JA 729