Reclama PB

Evo Morales volta à Bolívia nesta segunda-feira, diz imprensa

Por Redação em 09/11/2020 às 05:08:15

Caravana com 800 carros deve acompanhar o ex-presidente boliviano até Cochabamba; Evo se refugiou na Argentina em dezembro de 2019. Morales viajou neste domingo (8) para a cidade de La Quiaca, na província argentina de Jujuy, na fronteira com a Bolívia. Ele e o presidente argentino Alberto Fernandéz se encontraram em um jantar.

Reprodução / La Quiaca Al Dia Noticias / Facebook

O ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, vai deixar a Argentina e reingressar em seu país nesta segunda-feira (9), informa a imprensa boliviana.

Morales, de 61 anos, planeja cruzar a fronteira por terra na manhã desta segunda, em uma caravana de 800 carros, que percorrerá 1.000 km até Cochabamba. A viagem deve durar até três dias.

Morales volta ao seu país um dia após Luis Arce tomar posse como novo presidente da Bolívia.

Jantar com Alberto Fernandéz

Morales viajou neste domingo (8) para a cidade de La Quiaca, na província argentina de Jujuy, na fronteira com a Bolívia. Ele e o presidente argentino Alberto Fernandéz se encontraram em um jantar.

Nesta segunda, ele passará por vários municípios do sul da Bolívia, no departamento de Potosí. Na terça (10), estará no departamento de Oruro. Na quarta (11), deve chegar a Chimoré, no Trópico de Cochabamba.

Renúncia

Morales renunciou à presidência em 10 de novembro de 2019, após perder o apoio das Forças Armadas. No dia seguinte, ele viajou para o México, e, semanas depois, em dezembro, refugiou-se na Argentina.

Durante os 11 meses que morou na Argentina, Morales escreveu um livro intitulado "Voltaremos e seremos milhões", no qual dá sua versão da história recente da Bolívia.

Fonte: G1

Botecos 83

Comentários

JA 729