Reclama PB

Morre Duda Mendonça, marqueteiro de Lula na campanha de 2002

Por Midia em 16/08/2021 às 13:44:35

(Imagem: 247)

Morreu nesta segunda-feira (16), aos 77 anos, Duda Mendonça. Ele foi vítima de um câncer no cérebro. Estava internado no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo há dois meses. Foi o mais célebre marqueteiro político brasileiro. Fez a campanha vitoriosa de Lula em 2002, criando na ocasião o slogan que o petista usa até hoje quando quer piscar para o centro — "Lulinha, Paz e Amor'". A informação é do o jornalista Lauro Jardim, em sua coluna.


Publicitário de origem (abriu a agência DM9 em 1975, ainda em Salvador, que pouco anos depois teria Nizan Guanaes, seu ex-estagiário, como sócio), Duda estreou no marketing político que lhe daria fama de mago em 1985. Naquele ano trabalhou na campanha que elegeu Mário Kertez prefeito de Salvador.


Trajetória


Depois de abandonar o curso de Administração na Universidade Federal da Bahia (UFBA), tornou-se corretor de imóveis, entrando em contato pela primeira vez com a propaganda, ao desenvolver ideias de vendas para uma agência de publicidade.Em 1975, cria a agência DM9 Propaganda, em Salvador, cuja primeira conta foi a da imobiliária onde havia trabalhado como corretor. Em pouco tempo, a DM9 conseguiu outras contas, sobretudo de empresas ligadas ao ramo imobiliário. Já em 1976, a agência recebeu o título de Agência do Ano (regional). Entre 1978 e 1988, a agência conquistaria vários prêmios nacionais e internacionais. Em 1988, Domingos Logullo e Nizan Guanaes, ex-estagiário da agência, tornaram-se sócios de Duda Mendonça. A empresa abriu um escritório em São Paulo. Em 1990, a DM9 Bahia e a DM9 São Paulo se separaram, e a marca DM9 foi comprada por Nizan Guanaes, em sociedade com João Augusto Valente e o Banco Icatu. A DM9 Bahia juntou-se à agência D&E, dando origem à DS/2000.


Fonte: WSCOM



Comunicar erro
Botecos 83

Comentários

JA 729