Reclama PB

Médicos paralisam atividades por 24h na rede municipal de João Pessoa

Estão mantidos serviços de urgência e emergência, atendimento nas UPAs 24h, exceto risco azul, assistência médica nas UTls e enfermarias e cirurgias oncológicas

Por Redação Paraíba Atual em 21/06/2022 às 07:06:18

Os médicos vinculados à Prefeitura de João Pessoa (efetivos e prestadores de serviço) fazem nesta terça-feira (21) uma paralisação de advertência por 24 horas. A medida foi decidida durante Assembleia Geral Extraordinária realizada pelo Sindicato dos Médicos da Paraíba no último dia 9 de junho. Os profissionais se concentram na Praça da Paz, nos Bancários, a partir das 8h.

A categoria reclama que desde novembro do ano passado o sindicato tenta negociar com os órgãos da Prefeitura de João Pessoa, mas sem avanço prático e objetivo até agora.

Os profissionais pedem revisão no Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração, melhores condições de trabalho, entre elas o abastecimento de medicamentos e materiais necessários para o atendimento digno à população.

Os médicos pedem ainda reajuste salarial já que existe uma defasagem de mais de 80% nos últimos 14 anos. Outro pedido dos médicos é a correção de distorções salariais dos médicos das UPAS, do Samu, das Policlínicas e da Atenção Primária de Saúde da Família que recebem remuneranção menor.

Urgências são mantidas

O Sindicato dos Médicos da Paraíba informa ainda que os profissionais vão manter os serviços de urgência e emergência da rede hospitalar e do Samu, o atendimento aos pacientes das UPAs 24 horas, exceto os classificados em risco azul, a assistência médica nas UTls e nas enfermarias e também as cirurgias oncológicas.

Os serviços médicos não urgentes e que não coloquem em risco a população, a exemplo de consultas ambulatoriais, exames, procedimentos e cirurgias eletivas, inclusive da rede básica, serão paralisados, retornando ao normal apenas às 7h do dia 22.

Outros profissionais aderem ao movimento

Além dos médicos, outros profissionais de saúde também vinculados à Prefeitura de João Pessoa vão parar as atividades nesta terça (21), a exemplo dos enfermeiros, auxiliares e técnicos em enfermagem, cirurgiões dentistas, fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais, além dos farmacêuticos e nutricionistas.


Fonte: Portal Correio da PB

Comunicar erro
Botecos 83

Comentários

JA 729